Monthly Archives: agosto 2013

Trabalho sobre Feira de Ciências e Sementes dos Povos Indígenas de Roraima apresentado em evento internacional

Mais de 2.000 pessoas, entre pesquisadores, estudantes e agricultores participaram do III Encontro Internacional de Agroecologia realizado em Botucatu, de 31 de julho a 03 de agosto de 2013, com o tema “Redes para a transição agroecológica na América Latina”.

O evento foi realizado pela Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf) e Instituto Giramundo Mutuando. A extensa programação teve palestras, debates, mais de quarenta oficinas, apresentações artísticas e a Feira de Saberes e Sabores com divulgação de políticas públicas de apoio e incentivo à agricultura familiar, venda de alimentos provenientes da agricultura familiar e orgânica, distribuição de mudas e praça de alimentação. Cerca de 320 trabalhos foram apresentados na forma de pôster, entre eles o trabalho “Feiras de Ciências e Sementes dos Povos Indígenas de Roraima”, com autoria de integrantes da IW  e do Centro Indígena de Formação e Cultura Raposa Serra do Sol – CIFCRSS. Para saber mais sobre as Feira de Ciências e Sementes: wazakaye.com.br/?p=476

Árvores para sombra no Insikiran

 

 

Aproveitando o final da estação chuvosa em Roraima, foram plantadas várias mudas de espécies arbóreas no estacionamento do Instituto Insikiran-UFRR. Foram escolhidas mudas de espécies fruteiras e madeireiras produtoras de sombra, produzidas no viveiro do Insikiran. Em um futuro próximo essas árvores produzirão sombra para os carros, além de também fornecerem sementes para plantios. Essa atividade foi realizada por acadêmicas e professores do curso de Gestão Territorial Indígena do Insikiran.

 

Bolsista PIBIC apresenta trabalho em Manaus

Apresentação no II CONIC – Congresso de Iniciação Científica do INPA

A estudante Sidoca Paulo Lopes, do curso de Gestão Territorial Indígena da UFRR, é bolsista de Iniciação Científica/CNPq da IW e realiza um trabalho em parceria com o Instituto Insikiran, no espaço agroecológico que se localiza na área externa do Instituto. As atividades nesse espaço se iniciaram em 2012 através de aulas práticas com a turma de acadêmicos de Gestão Territorial Indígena na ênfase Agroecologia, com construção de canteiros de plantas medicinais, plantas frutíferas e jardinagens, e em seguida foram iniciadas atividades no viveiro de mudas. Desde o início de 2013 a bolsista Sidoca vem coordenando os trabalhos nesse espaço, com a coleta e aquisição de sementes, produção de mudas, controle de entradas e saídas de plantas no viveiro, plantios no Insikiran e em comunidades indígenas, troca de sementes tradicionais, cultivo e multiplicação de plantas medicinais. Os resultados desse trabalho foram apresentados no II CONIC – Congresso de Iniciação Científica do INPA que ocorreu de 15 a 19 de julho de 2013 em Manaus. O trabalho “Espaço agroecológico do Instituto Insikiran: semeando e multiplicando vidas” mostrou que nos cinco meses de trabalho, foram semeadas plantas de 43 diferentes espécies, sendo que a maior parte das sementes foi proveniente de Boa Vista (60,5%). Conforme era um dos objetivos iniciais do viveiro, a maior parte (76,6%) das 269 mudas produzidas foi destinada a plantios em comunidades indígenas, alguns deles sendo realizados em parceria com a IW e também conduzidos por acadêmicos do curso de Gestão Territorial Indígena. No momento o viveiro ainda dispõe de uma grande quantidade de mudas prontas para plantio.