Powered By:
Android Advice

Estudantes de Gestão Territorial Indígena realizam plantio agroflorestal na UFRR

A etapa das aulas presenciais 2017.2 do curso de Gestão Territorial Indígena da UFRR chegou ao fim. Durante esse semestre mais uma turma de estudantes ingressou no quinto semestre do curso, quando os estudantes escolhem uma dentre as quatro “ênfases” do curso: Agroecologia (Atividades Produtivas e Manejo Ambiental), Patrimônio Indígena, Serviços e Infraestrutura, ou Empreendimentos Sociais.

Um grupo de 15 estudantes optou pela ênfase em agroecologia, e já iniciaram as aulas nos temas contextuais específicos, quando a agroecologia foi trabalhada na teoria e na prática. As práticas agrícolas indígenas já utilizam princípios sustentáveis, e a experimentação de outras técnicas agroecológicas pode otimizar esses princípios e adequá-los às demandas específicas das comunidades, promovendo qualidade de vida, soberania alimentar, geração de renda e maior equilíbrio ambiental.

Um dos assuntos mais trabalhados nas aulas teóricas e práticas foi o plantio em forma de agrofloresta, aplicando-se os princípios da sucessão vegetal, ciclagem de nutrientes do solo e adubação verde. Nas práticas os estudantes se dividiram em grupos e implantaram agroflorestas com “canteiros de produção” e “canteiros de biomassa”, que receberam grande diversidade de mudas e sementes de espécies florestais e agrícolas.

Estudantes da turma do quinto semestre e professores de Agroecologia do curso de Gestão Territorial Indígena/Insikiran/UFRR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *