Powered By:
Android Advice

Quem Somos

Trabalhamos no intuito de facilitar o diálogo entre conhecimentos tradicionais e técnicos no desenvolvimento de práticas agroecológicas de uso e manejo da terra em comunidades indígenas de Roraima, frente às novas pressões socioambientais.

As ações da IW começaram em 2006 em Roraima como parte do projeto “Guyagrofor” do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA)  denominado pelas comunidades indígenas  de “Wazaka’ye” (“árvore da vida” na língua Macuxi), sendo inicialmente financiado pela União Européia. O projeto Wazaka´ye se inseriu numa linha de parceria entre o INPA e o Conselho Indígena de Roraima (CIR) na área de formação, seminários e debates sobre temas sócio-ambientais e etnomapeamento. Desde então uma série de apoios (Embaixada da Noruega, ISPN e CNPq) deu continuidade às atividades iniciadas pelo projeto Wazaka´ye, que a partir de 2012 passa a se denominar Iniciativa Wazaka´ye,  consolidando a parceria entre o INPA , CIR, UFRR, Diocese de Roraima e outras. Até o ano de 2016 as atividades do projeto/iniciativa Wazaka´ye eram coordenadas pelo INPA, e a partir de 2017 passam a ser coordenadas pela UFRR através do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena, sempre com a participação das instituições parceiras.

 

LINHAS DE TRABALHO

– Centro Indígena de Formação e Cultura Raposa Serra do Sol (CIFCRSS): Educação agroflorestal e apoio às Feiras de Ciências e Sementes Tradicionais dos Povos Indígenas de Roraima.

– Comunidades indígenas do Lavrado: Apoio a viveiros de mudas, práticas agroflorestais, educação ambiental e estudos de fertilidade do solo.

– Instituto Insikiran/UFRR: Apoio a trabalhos comunitários de estudantes do curso de Gestão Territorial Indígena; apoio ao viveiro de mudas e aulas no curso de Gestão Territorial Indígena.

 

EQUIPE  E  COLABORADORES

Rachel Pinho, INPA – Engenheira florestal (UFV), mestre em Ciências de florestas tropicais (INPA). Reside em Roraima desde 2007, quando integrou o Projeto Wazaka’ye/Guyagrofor e atuou em sua transição para Iniciativa Wazaka’ye (IW). Técnica em extensão rural do INPA, atualmente é coordenadora local da IW e professora colaboradora do curso Gestão Territorial Indígena do Instituto Insikiran/UFRR. rachel.pinho@gmail.com

Jessica Livio, Simbiose Agroflorestal – Engenheira Florestal (UnB), mestre em Ciências de Florestas Tropicais (INPA/MCT). É assessora técnica em engenharia florestal na IW. Experiencia profissional e vivencial com Agroecologia junto a povos indigenas, atua como consultora em agroflorestas,  agroextrativismo e facilitacao gráfica de processos participativos. jessi.livio@gmail.com

Herundino Ribeiro, UFRR – Antropólogo (UFRR), especialista em Gestão para o etnodesenvolvimento (UFRR), atualmente é professor do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena/UFRR. Membro da IW desde a sua criação, com a organização e participação de atividades em variados temas, especialmente relacionadas ao beneficiamento de buritis. herundino@yahoo.com.br

Luis Felipe Almeida, UFRR – Agrônomo (ESALQ/USP), mestre em Ciências Agrárias (UnB) e doutorando em Botânica (INPA), é professor do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena/UFRR, na ênfase Agroecologia. Colabora com a IW em atividades de campo em conjunto com estudantes do curso de Gestão Territorial Indígena.

Sonia Alfaia, INPA – Agrônoma (UFAM), mestre em Agronomia (UFLA) e doutora em Sciences Agronomiques (Institut National Polytechnique de Lorraine, França). É Secretária Executiva Adjunta de Planejamento e Projetos da Secretaria de Estado da Produção Rural do Estado do Amazonas/SEPROR, e pesquisadora titular do INPA, coordena a Iniciativa Wazaka’ye. sonia@inpa.gov.br

Vincenzo Lauriola, INPA – Sócio-economista (Univ. de Trieste, Itália), mestre em Estudos de desenvolvimento (EHESS, Paris, França) e doutor em Desenvolvimento Sustentável (Univ de Bari, Itália). É pesquisador titular do INPA desde 2002, já foi chefe do Núcleo de Pesquisa de Roraima do INPA e assessor da Coordenação de Meio Ambiente da FUNAI (Brasília). enzolauriola@gmail.com

Robert Miller, PNUD – Engenheiro florestal (University of California), mestre em Ciências de Florestas Tropicais (INPA) e doutor em Engenharia Florestal (University of Florida). Atualmente é consultor – Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil e professor colaborador do INPA.

Katell Uguen, UEA – Agrônoma (Escola Nacional Superior de Agronomia Montpellier/França), mestre em Ecologia e doutora em Engenharia agroflorestal (Instituto Nacional de Agronomia Paris Grignon). Atualmente é professora no Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na Escola Normal Superior da Universidade do Estado do Amazonas- UEA.

Marta Ayres, INPA – Agrônoma, mora em Manaus e atua na área de fertilidade do solo, participando das coletas de solo nas áreas de atuação da IW e das análises laboratoriais e análise dos resultados. marta.ayres@hotmail.com

Ciro Campos, ISA – Biólogo (UFPA), mestre em Ecologia (INPA), é analista socioambiental no ISA e colabora com a IW em atividades de geoprocessamento e revisão de publicações.

 

INSTITUIÇÕES PARCEIRAS

Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena/UFRR – O Instituto Insikiran foi criado em 2002 e possui três cursos de graduação específicos para indígenas, sendo um deles o curso de “Gestão Territorial Indígena” onde se realiza uma série de atividades em parceria com a IW, como o apoio técnico e logístico a trabalhos de campo de estudantes, e a produção de mudas no viveiro.

CIR (Conselho Indígena de Roraima) – Organização representativa da maior parte dos povos indígenas de Roraima, fundada na década de 70 . Desde o princípio a IW desenvolve suas ações em parceria com o CIR, respeitando suas diretrizes políticas e sociais.

CIFCRSS (Centro Indígena de Formação e Cultura Raposa Serra do Sol) – Escola de ensino médio e técnico em agropecuária e gestão ambiental que recebe estudantes indígenas de todo o estado de Roraima, vinculada ao CIR. Em 2012 a IW realizou no CIFCRSS os 5 módulos do curso em “Gestão Agroecológica” e a I Feira de Ciências e Sementes Tradicionais, e em 2013 a parceria se fortalece com a realização de mais oficinas e a segunda edição da Feira.

Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) – Entidade onde se iniciou a IW através do Projeto Wazaka´ye. Atualmente o INPA atua em parceria principalmente nas atividades relacionadas a solos, incluindo coleta, análises laboratoriais e avaliação de fertilidade.

Diocese de Roraima – Parceira histórica das organizações indígenas em Roraima, especialmente em atividades no CIFCRSS, atua em parceria com IW na organização e registro das Feiras de Ciências e Sementes.

ISA (Instituto Socioambiental) – Organização não-governamental sem fins lucrativos, tem uma de suas sub-sedes em Boa Vista desde 2009. A parceria com IW se dá com atividades de geoprocessamento e doação de publicações.

Funai (Fundação Nacional do Índio) – Entidade responsável por promover os direitos dos povos indígenas em território brasileiro. A representação da Funai em Roraima fornece apoio logístico as atividades da IW.

 

INSTITUIÇÕES FINANCIADORAS

2006 – 2009 –  Comunidade Europeia (Projeto GUYAGROFOR – Desenvolvimento de sistemas agroflorestais sustentáveis baseados em conhecimentos indígenas e quilombolas no escudo das Guianas – €157.500,00)

2006 – 2008 – CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Projeto AGROFLORR – Apoio a extensão agroflorestal e agroecologia para comunidades indígenas do lavrado de Roraima – R$ 71.645,00)

2008 – Embaixada da Noruega (Projeto Apoio a eventos comunitários de etnodesenvolvimento na Terra Indígena Araçá, Roraima – R$ 21.007,56)

2010 – ISPN – Instituto Sociedade, População e Natureza (Edital Unicom / Projetos Autoecologia e manejo do pau-rainha em áreas protegidas de Roraima – R$ 4.811,51; Uso dos recursos naturais de origem vegetal na Terra Indígena Araçá, RR – R$ 4.999,50; Avaliação do manejo e potencial produtivo de buriti na Terra Indígena Araçá em Roraima – R$ 4.990,00)

2011- 2012 – CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Projeto Feira de Ciência Indígena – Semeando etnoconhecimento – R$ 45.192,44)

2012 – ISPN – Instituto Sociedade, População e Natureza (Projetos Monitoramento participativo de sistemas agroflorestais na Terra Indígena Araçá, RR – R$ 2.990,00 e Adubação verde em solos de lavrado na Terra Indígena Araçá, Roraima – R$ 4.980,00)

2012 -2013 – CNPqConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Projeto Feira Estadual de Etnociência – R$ 166.000,00)

2015-2017 – ISPN – Instituto Sociedade, População e Natureza (PPP Ecos – Programa de Apoio a Pequenos Projetos Ecossociais – R$ 97.093,20)